Google+ Followers

terça-feira, 15 de maio de 2012

PALÍNDROMOS




Palíndromos são números, palavras ou conjuntos de palavras que se podem ler nos dois sentidos. Eis um exemplo através do poema de Cecília Meireles.

3 comentários:

Anônimo disse...

Bem criativo e romantico!

Rômulo Marinho disse...

Os versos de Cecília Meireles não são palindromos ou palindrômicos. Qualquer palavra, frase, ou verso, para poderem ser assim denominados, na leitura ao contrário, devem ser literalmente iguais. Também não são versos sotádicos porque, para isso, na leitura de baixo para cima, teria que ter o mesmo seentido. Não sei como classificá-los, mas se me perguntassem diria, simplesmente, que eram versos "cecilianos". De qualquer forma, essa poesia é simplesmente espetacular. Parabéns pelo bom gosto. Abrs. Rômulo Maarinho

Rômulo Marinho disse...

Quem sa sabe "ANACRÓDROMO"? Que tal "versos anacródromos"? KKK Abrs. RM