Google+ Followers

sábado, 20 de outubro de 2012

DIA DO POETA


 
 
Vontade De Amar!

Deste o dia do seu voo
Para mim o mundo parou
Já nem sei mesmo quem sou
Nem me pergunte como estou


Habitas sempre os meus sonhos
Fitam-me, os seus olhos risonhos
As minhas noites são sem alegrias
Jamais aceitaria outras companhias

A sua doída ausência está a me maltratar
Eu preciso deste pesadelo logo despertar
Necessito rapidíssimo me desacorrentar
Pois, o meu coração está a despedaçar

Nos brilhos das estrelas a vou procurar
Na cauda de um cometa irei navegar
Viajarei anos luz até ti encontrar
Irei aonde for nada me deterá

Como sempre o amor ao medo vencerá
Nossa vontade de amar o pesadelo afastará
Vamos transformar o que é hoje fria saudade
Com carinho e simplicidade em doce felicidade!


Ismael Santana Bastos 19/10/2012

Nenhum comentário: