Google+ Followers

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Poemas

             
            Varal de Poemas
Tema: A POESIA                        
Local: INSTITUTO DE EDUCAÇÃO GASTÃO GUIMARÃES - SALA DO 9º ANO MATUTINO

    Realizamos um varal de poemas durante a unidade. Vários textos poéticos produzidos pelos alunos do 9º ano foram expostos na própria sala de aula. Fizemos um círculo de leitura pelo varal e deixamos as produções para que os alunos dos turnos opostos pudessem apreciá-los. Para nossa surpresa, quando chegamos no dia seguinte, as produções estavam todas rasgadas. Por esse motivo, não tirei nem fotos do nosso trabalho.
   Fizemos uma avaliação oral dos textos e os alunos escolheram esses poemas como os mais apreciados:

                                                        UM HUMILDE COMEÇO

                                   Com o lápis na mão
                                   O horizonte começa a nascer
                                    Palavras vêm e vão
                                    Sem sabermos o porquê.

                                    A teoria fica de lado
                                    O coração tenta se abrir
                                     E pra entender o comunicado
                                    Basta apenas sentir.
                      
                                                  Autora; Raissa Ferreira Babolim

                                                                POESIA É COISA DE LOUCO

                                      Nunca entendi a poesia.
                                      Só sei que, ao lê-la,
                                      sinto profunda alegria
                                      ou eterna tristeza.
                                   
                                     Poesia é coisa de louco
                                     Ela mexe com o nosso eu
                                     com nossas emoções
                                     com os nossos sentimentos
                                      com nossas feridas

                                      Poesia para mim não é tudo
                                      Mas tudo se resume em poesia
                                      Isso é loucura? Não!
                                
                                      Amar é poesia.
                                      Sofrer é poesia.
                                      Viver é poesia.
                                      E morrer é poesia.

                                      Quisera eu não saber
                                       o que poesia.


Autora: Amanda Carolina Silva Santana


Um comentário:

Ane disse...

Pró amei o Blog, e os poesias estão ótimas! Essas meninas tem TALENTO.