Google+ Followers

segunda-feira, 16 de abril de 2012

AS MAIORES PALAVRAS DA NOSSA LÍNGUA



Não precisa usar, mas saber no ocupa espaço. Confira as maiores palavras da lí­ngua.

1º. Pneumoultramicroscopicossilicovulcanoconiótico (46 letras)
Relativo a uma doença pulmonar aguda causada pela aspiração de cinzas vulcânicas
- Acredito que o médico que precisa falar isso já deva ter inventado um apelido carinhoso para esse palavrãozinho.
2º. Paraclorobenzilpirrolidinonetilbenzimidazol (43 letras)
Substância presente em medicamentos como o Ultraproct
Deve ter pseudônimo também.
3º. Piperidinoetoxicarbometoxibenzofenona (37 letras)
Substância presente em medicamentos como o Baralgin
Sem palavras!

4º. Tetrabrometacresolsulfonoftaleína (35 letras)
Termo especí­fico da área de quí­mica
Impronunciável!
5º. Dimetilaminofenildimetilpirazolona (34 letras)
Substâcia ativa em vários comprimidos para dor de cabeça.
Por favor, não se esforce na pronúncia para não precisar dos comprimidos.

6º. Hipopotomonstrosesquipedaliofobia (33 letras)
Doença psicológica que se caracteriza pelo medo irracional (ou fobia) de pronunciar palavras grandes ou complicadas
Não aconselhável aos portadores lerem esse artigo.

7º. Monosialotetraesosilgangliosideo (32 letras)
Substância presente em medicamentos como o sinaxial e o sygen
E eu que achava meio estranha chegar na farmácia e pedir paracetamol.

8º. Anticonstitucionalissimamente (29 letras)
Maior advérbio da lí­ngua portuguesa, significa o mais alto grau de inconstitucionalidade
Essa já é conhecida.

9º. Oftalmotorrinolaringologista (28 letras)
Profissional especializado nas doenças dos olhos, ouvidos, nariz e garganta
Carinhosamente chamados de oftalmo ou otorrino.

10º. Inconstitucionalissimamente (27 letras)
Sinônimo de anticonstitucionalissimamente
Essa é clássica.

Nenhum comentário: