Google+ Followers

terça-feira, 13 de setembro de 2011

NÃO DIGA, JAMAIS ESCREVA!



HÁ ANOS ATRÁS
Errado
Eu nasci a dez mil anos atrás.
Raul Seixas, até poderia alegar que usou de uma licença poética para dar nome a sua famosa composição, mas em português a junção das palavras há e atrás em frases com a cinco dias atrás ou a poucas horas atrás é considerada uma redundância, ou seja, uma repetição desnecessária de uma ideia. Se alguém fez alguma coisa há dois anos, só poderia ser atrás. Você já viu alguém fazer alguma coisa há dois anos à frente?
Certo
Eu nasci há dez mil anos.
Eu nasci dez mil anos atrás.
PLANOS PARA O FUTURO
Errado
Tenho muitos planos para o futuro.
Planos são sempre para o futuro.
Ninguém tem planos para o passado, portanto, é completamente desnecessário dizer que você possui um plano para o futuro.
Certo
Tenho muitos planos.
Farei outros planos.
SURPRESA INESPERADA
Errado
Foi uma surpresa inesperada ganhar tantos presentes de aniversário.
Trata-se de uma redundância.
Se você esperasse  ganhar tantos presentes não seria uma surpresa, correto?
Não existe surpresa inesperada. Ser inesperada é uma característica de qualquer surpresa. Portanto, dispense tal combinação.
Certo
foi uma surpresa ganhar tantos presentes de aniversário.
Foi inesperado ganhar tantos presentes de aniversário. 
VIÚVA DO FALECIDO
Errado
Fui visitar a viúva do falecido Jorge.
Mais uma coisa de repetição desnecessária de uma mesma ideia. Não existe viúva ou viúvo de uma pessoa viva.
Se alguém é viúvo com certeza é de uma pessoa falecida.
Certo
Fui visitar a viúva de Jorge.
FAZEM DEZ ANOS
Errado
Fazem dez anos que eu espero por você.
A saudade pode ser enorme mas usar o verbo no plural não vai ajudar a diminuí-la. Em frases que expressam noção de tempo (anos, dias meses etc.) o verbo “fazer” é impessoal, ou seja, não possui sujeito, apresenta a mesma forma  no singular e no plural. Não importa que você esteja falando de um fato que aconteceu há 1 ano ou há 20 anos, usa-se sempre o verbo fazer no singular ( faz um ano, faz dois anos, faz 400 anos).
Certo
Faz dez anos que eu espero por você.

Nenhum comentário: